domingo, 15 de novembro de 2015

A Palavra Prostrada



(Clicar dentro da imagem para ampliar)

Liberté, Égalité, Fraternité!

Paris, Sexta-feira 13 de Novembro de 2015



a noite escondeu-se na cidade.

ecos próximos lineares
acovardam a folha da noite
convulsiva em silêncios
distorcidos por finais prematuros.

estou só no cenário trémulo das mãos
e uma plúmbea nuvem paira
sobre os cérebros amedrontados.

vejo os dedos órfãos que tocam de leve
as gotas cristalizadas
na oval da palavra prostrada.

sinto o halo envolvente no mutismo côr-de-cera
da palavra prostrada.

sinto uma raiva horizontal
em espasmos incontidos.

ainda a palavra prostrada.

a palavra.

prostrada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.