segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Bico mutilado

(Clicar dentro da imagem para ampliar)


há sempre um gume fendido

que um pássaro transporta em bico mutilado.

e nada pode impedir
o quebrar do pus germinado
na pupila translúcida de um poema.
qual sopro libertando a nota enclausurada
em flauta de escala infra-sónica.

mas quem beija a criança
com moscas no crâneo e tectos no cérebro
além da folha que acusa a seiva por dentro
enraizada na história?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.